"Em 20 anos de trabalho a evolução e conscientização à saúde do planeta".

DUVIDAS MAIS FREQUENTES

  1. O coalho utilizado nos queijos é de origem animal ou vegetal? É de origem vegetal, obtido através de plantas. Possui certificado Kosher, Halai e é adequado para o consumo de vegetarianos.

  2. O leite deve ser fervido? De forma alguma, apenas aquecido. Como nosso leite é pasteurizado todas as bactérias nocivas do leite foram eliminadas, preservando os lactobacilos que são bactérias benéficas ao nosso organismo.

  3. O leite pode ser congelado? Sim, porém ressaltando que o produto acaba perdendo parte de suas propriedades nutritivas.

  4. Os iogurtes light levam açúcar? Sim, porém metade da quantidade encontrada nos iogurtes integrais. Nossa linha de iorgurtes light é feita com leite desnatado, porém levam açúcar pois é o único adoçante permitido dentro das normativas da agricultura orgânica.

  5. Podemos congelar queijo frescal? Não, pois com o congelamento ele vai perder a sua maciez.

  6. A Nata da Serra produz leite tipo A ou somente tipo B? A nossa produção é de leite tipo B, pois devido as normas vigentes , para que um leite seja do tipo A o laticínio tem que estar a uma distância mínima do estábulo de leite, o que não é o nosso cãs. Apesar dessa questão, é importante ressaltar que o nosso leite tem todas as características de higiene e composição de um leite tipo A.

  7. Por que o iogurte Nata da Serra é tão consistente? Porque ele passa por um processo de fermentação lenta, como eram feitos todos os iogurtes antigamente, daí a consistência firme.

  8. O produto estragou antes da data de validade. O que aconteceu? Como todos os nossos produtos são livres de conservantes químicos, a perecividade acaba sendo maior, sendo o principal motivo a falta de refrigeração. Portanto, aconselhamos aos nossos clientes que procurem deixar o produto o menor tempo possível fora de geladeira. Verifiquem também se na loja de compra o produto está bem refrigerado ou se ele chegou bem gelado nas suas casas pelos deliverys. Essa informação é muito importante para sabermos o porquê do laticinio ter estragado antes do tempo.

  9. Como é a alimentação das vacas? Todo o nosso rebanho é alimentado basicamente a pasto, sendo que somente no período do pós-parto é que as vacas recebem uma suplementação com ração para poderem se recuperar mais rapidamente do parto.

  10. Qual é o tipo de gado existente na fazenda? Basicamente o rebanho é composto por animais da raça Jersey e os seus cruzamentos (Jersey X Holandês = Jersolando). A raça Jersey tem como características animais de médio porte, resistentes, adaptados ao pastejo e, principalmente, possuem um leite com teor de sólidos e gordura altos. Além disso, o leite das vacas Jersey, comprovadamente, é menos alergênico àqueles que tem intolerância.

  11. Quando os animais ficam doentes são tratados de que forma? Todo o nosso rebanho é tratado basicamente com homeopatia e fitoterápicos, sendo que esses medicamentos são principalmente utilizados como preventivos. Se em algum momento um animal correr risco de morte e esses tratamentos não tiverem surtido efeito a legislação orgânica permite que sejam utilizados alopáticos contanto que o leite seja descartado (isto não é regra, é exceção)

  12. O que é feito com os bezerros após o nascimento? Todos os bezerros, independentemente do sexo, são criados junto de suas mães durante todo o período de lactação. As fêmeas continuarão dentro da fazenda, sendo que serão as nossas futuras vacas, e os machos, após o demame, são vendidos para outra fazenda orgânica.


 

Topo

 

 

 

 

 

 

Localização

 

Veja um mapa de ruralcomo chegar na Fazenda Nata da Serra.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Google

Telefones: (19) 99773-7503 - E-mail: natadaserra@natadaserra.com.br
Bairro da Serra de Baixo - Serra Negra – Estado de São Paulo
Desenvolvimento: Studio HDBR - Edilene Gabriel